quarta-feira, 31 de outubro de 2012

IURDTV - Palavra Amiga do Bispo Macedo - 30/10/2012

Orientação Espiritual - Palavra Amiga - 29/10/2012

Bispo Edir Macedo faz reunião especial em Goiás


Horas antes do encontro começar, pessoas já aguardavam do lado de fora do Ginásio Rio Vermelho, em Goiânia


Da redação / Fotos: Léo Cesar
redacao@arcauniversal.com

Neste último domingo (28), o bispo Edir Macedo esteve em Goiânia (GO) para ministrar a Concentração de Fé e Milagres. Além dele, também estiveram presentes o bispo Renato Cardoso e o bispo Júlio Freitas, todos acompanhados de suas respectivas esposas. A reunião começou às 9h30 da manhã, mas às 6h uma multidão já aguardava na entrada principal do Ginásio Rio Vermelho, que fica no Centro de Goiânia. O evento atraiu mais de 20 mil pessoas.

O bispo Odivan Pagnocelli, responsável pelo trabalho da IURD em Goiás, deu início à reunião e, em seguida o bispo Macedo assumiu a pregação. Ele falou da importância de se ter uma fé inteligente e também do sacrifício, o caminho mais curto para se chegar a Deus. O bispo também explicou que para alcançar a comunhão com Deus é preciso sacrificar o ego, as vontades, os desejos, enfim, sacrificar o próprio eu, para que assim o Espírito de Deus possa ser o primeiro e mais importante bem da vida da pessoa.

Milhares de pessoas que participaram do evento cantaram, oraram e aprenderam um pouco mais com um homem que, depois de passar por tantas adversidades, continua com sua fé inabalável. "A vida do bispo Edir Macedo nos inspira, ele realmente é um homem de Deus. Estou lendo o livro "Nada a Perder" e tenho aprendido muito, mas hoje aprendi ainda mais. A obra dele é maravilhosa e participar disso é gratificante", afirma Sérgio Andrade, cabeleireiro.

Rosana Barbosa Castro, técnica em enfermagem (foto ao lado), esteve com sua família no evento e garante que valeu a pena ter participado. "Estou renovada, eu vim buscar mais do Espírito Santo e estou saindo cheia dele. O que a gente recebeu aqui foi uma paz tão grande, nossa harmonia com Deus está ainda mais forte. Tudo aquilo que aprendemos aqui hoje podemos praticar todos os dias da nossa vida, em qualquer momento e com muita sabedoria. O bispo Macedo nos fez agir uma fé inteligente", concluiu. 

Fonte: arcauniversal

"Noite da Salvação" aproxima pessoas de Deus


Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, bispo Guaracy Santos fala sobre a lista daqueles que vão para o inferno


Da Redação- Fotos: IURD Ribeirão Preto
redacao@arcauniversal.com


Um alerta geral vem provocando cautela, precauções e profunda atenção nas atitudes, pensamentos e sentimentos dos brasileiros que se importam com o destino que vão dar a sua alma: a "Noite da Salvação". Esta reunião acontece todas as quartas-feiras, nos Cenáculos do Espírito Santo espalhados pelo País e tem proporcionado reflexão profunda, à luz da Palavra de Deus, acerca da vida após a morte

Em Ribeirão Preto, interior paulista, muitos são os que consideram esse fator e por conta disso não medem esforços para comparecerem aos encontros que acontecem no Cenáculo da Av. Doutor Francisco Junqueira, 1.461, Campos Elíseos.

"Eu e a minha família abrimos mão de qualquer compromisso, não há obstáculos, nada nos impede de estarmos na 'Noite da Salvação', fortalecendo nossa vida espiritual", comenta a dona de casa, de 23 anos, Fabiana Reis (foto ao lado).

Na última concentração, bispo Guaracy Santos esteve presente no Cenáculo e citou o trecho bíblico que contém a lista dos que estão condenados ao inferno. "Quanto porém aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber a segunda morte."(Ap.21:8)

O bispo explicou que essa lista não foi criada por bispos e pastores, mas há mais de dois mil anos foi registrado para alertar a todos sobre os riscos de uma vida desregrada. " Infelizmente, a consciência suja e o medo de se confrontar com a verdade faz com que os seres humanos, em especial os evangélicos, fujam do livro do Apocalipse, uma vez que esse livro trabalha pesado na consciência de quem está em cima do muro", alertou.

"Avalie se você não está também em cima do muro, veja se algum desses adjetivos não fazem parte do seu caráter, e se fazem, hoje, você tem a chance de se jogar do muro nos braços do Pai", disse o bispo, convidando àqueles que reconheceram precisar da ajuda divina a buscar fervorosamente a presença do Espírito Santo.

"A noite de hoje foi especial. Ela representou um avivamento, o fortalecimento que eu precisava para me manter inabalável diante dos desafios que surgirem", destacou a analista de contas, de 26 anos, Elaine Fortunato.(foto ao lado)

No término da cerimônia, muitos decidiram se batizar nas águas,estabelecendo uma nova aliança com o Senhor Jesus.  Foi o caso da autônoma Suley Cerene Batista, de 27 anos, que deixou o passado para viver em novidade de vida.

"Eu tomei essa atitude por não querer mais uma vida de sofrimento e angústia. Eu creio que a partir de agora tudo será diferente", concluiu.

Fonte: arcauniversal

"Nada a perder" vende 10.000 exemplares em São Luís e se torna o lançamento de maior sucesso do Maranhão


Sessão de autógrafos da biografia do bispo Edir Macedo foi nesta terça-feira (30)


Da Redação do R7
redacao@arcauniversal.com

A noite de lançamento de "Nada a Perder", biografia do bispo Edir Macedo, bateu recorde de vendas em São Luís (MA). Cerca de 15 mil pessoas compareceram à livraria Leitura, no Shopping da Ilha, na noite desta terça-feira (30). Foram mais de 10.000 exemplares vendidos, 3.000 deles só nas primeiras duas horas. Com isso, "Nada a Perder" tornou-se o livro mais vendido em um lançamento em toda a história do Maranhão, superando com folga "Honoráveis Bandidos", de Palmério Dória, que vendeu 1.000 cópias na noite de autógrafos.

Os livros foram autografados pelo vice-presidente de jornalismo da Rede Record e co-autor da obra, Douglas Tavolaro, e pelo representante da Igreja Universal em São Luís, pastor Leno Luís Rodrigues. Para o pastor, o livro é recomendado para todas as pessoas que apreciam uma boa leitura. "É uma trajetória de vida surpreendente, de uma pessoa que foi desacreditada, mas conseguiu, através da força da sua fé, vencer os obstáculos que a vida lhe impôs."

A fila na porta da livraria começou a se formar às 15h, quatro horas antes do início do lançamento. Já por volta das 18h, a fila começava no andar térreo, subia pelas escadas em caracol e ocupava todo o corredor do segundo andar do shopping, onde fica o estabelecimento.

A primeira a chegar foi a secretária Raymunda Diniz, de 28 anos. Ela comprou dois livros: um para ela, outro para dar de presente a uma amiga. "É um livro que quero levar como referência para minha vida. Tem ensinamentos para a nossa vida espiritual, mas também para todas as outras áreas."

Na fila, pessoas de faixas etárias bem diferentes aguardavam a hora de ter um exemplar do livro autografado. A aposentada Maria Santana Teixeira, de 86 anos, aproveitou para já começar a leitura enquanto aguardava o seu autógrafo. "Tenho certeza que vou poder tirar daqui muitos ensinamentos."
Já Daniele Costa Rufino, de nove anos, e seu irmão Gabriel, de seis, compraram dois exemplares do livro, para os pais. "Eles nos disseram que ganhar esse livro seria muito importante para eles e que a gente também pode ler quando crescer."

O lançamento em São Luís é o 24º do Brasil. O primeiro volume da biografia já é sucesso em todo o País.Brasília detém, até o momento, o recorde nacional de livros vendidos na noite de autógrafos. Foram 18,3 mil cópias vendidas na quinta-feira (25), quando mais de 20 mil pessoas lotaram a Livraria Cultura do Shopping Casa Park na capital federal.

Salvador foi o maior destaque no Nordeste: foram vendidos quase 18 mil exemplares de Nada a Perder. Em Belém, foram vendidos 13,4 mil livros. Em Manaus, foram 13.084.

Em Curitiba, foram 12,1 mil exemplares. Só no Paraná, as vendas totalizaram 20,6 mil unidades na capital, em Maringá e Londrina, em setembro. Na capital gaúcha, no dia 11 de setembro, foram vendidos 10,4 mil exemplares em apenas cinco horas. E, em Goiânia, 10,5 mil volumes foram comprados em quatro horas no dia 20 de setembro.

Fonte: arcauniversal

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Coração desapegado - Palavra Amiga - 25/10/2012

Consagração no continente africano


Quase duas mil pessoas acompanharam a consagração do primeiro pastor da IURD de Madagascar


Da Redação - IURD Madagascar
redacao@arcauniversal.com

No domingo, 14 de outubro, o bispo Marcelo Pires, responsável pelo trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus na África do Sul, visitou o Cenáculo do Espírito Santo de Andraharo, em Madagascar, onde na ocasião consagrou o pastor Sandrimanana Joanison, diante de quase dois mil membros da igreja.

“Onde quer que você vá, abençoando as pessoas, nunca esqueça que o homem de Deus passa por momentos difíceis e que os desertos virão”, destacou o bispo.

O pastor Joanison tornou-se o primeiro a ser consagrado pela IURD em Madagascar. “Eu era um filho de um grande feiticeiro. Todo mundo achava que o meu pai tinha poderes e que um dia eu seria o seu herdeiro”, contou o pastor.

Aos 7 anos, ele eu entrou em uma escola de artes marciais. Com o tempo, tornou-se um especialista e, por conta disso, não tinha medo de ninguém, nem mesmo dos próprios pais.

“Passei a andar com más companhias, fumar, beber e usar drogas. Mas, para isso, eu precisa de muito dinheiro. Comecei a roubar com os meus amigos, formando um bando de ladrões e assassinos”, conta o pastor, que foi preso várias vezes.

O pai de Joanison queria que ele seguisse na feitiçaria de qualque forma, chegando ao ponto de fazer um obra de bruxaria para que ele ficasse doente. “Devido a isso, nós nos tornamos inimigos. Ele me expulsou de casa e a doença piorava dia após dia”, relata o pastor.

Foi nessa situação que ele chegou à IURD. Na igreja, as obras de bruxaria foram destruídas e ele foi totalmente curado. “Eu decidi entregar a minha vida a Jesus. Deixei todos os vícios, o mau comportamento e hoje estou completamente transformado”, conclui o pastor.

Fonte: arcauniversal

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

IURDTV - Palavra Amiga do Bispo Macedo - 26/10/2012

Concentração de Fé e Milagres em Moçambique


IURD avança as reuniões para além das paredes dos cenáculos no país africano


Da Redação / Fotos: Folha Universal de Moçambique
redacao@arcauniversal.com


Recentemente, foi realizada a Concentração de Fé e Milagres em todos os cenáculos da IURD em Moçambique, na África. As reuniões foram feitas em grandes espaços a céu aberto, próximos aos templos.

Essa nova versão da Concentração tinha como objetivo ajudar as pessoas que moram na vizinhança dos cenáculos. Mais do que uma integração da Igreja Universal com a comunidade, o intuito foi o de ajudar aquelas pessoas, muitas delas doentes física e espiritualmente.

O bispo Augusto de Oliveira (foto acima) realizou a Concentração no bairro de Mafalala, em Maputo, capital moçambicana, onde mostrou aos presentes que Deus nunca desampara quem se aproxima dEle. “Talvez você já tenha batido em várias portas e não teve solução dos seus problemas. Uma coisa importante: você está aqui hoje diante de Jesus, e todos aqueles que se aproximaram dEle não foram rejeitados. Ele quer libertar, curar e salvar. Por isso viemos aqui, para mostrar que Jesus não mudou, é o mesmo de ontem, de hoje e será eternamente.”

O bispo usou um exemplo bíblico: a mulher hemorrágica. Explicou que o que a curou foi a decisão de ir ao encontro de Jesus e, tocando na ponta de Suas vestes, sentiu sua doença a abandonar.

“Se você já tomou a sua decisão, a de ter saído da sua casa para vir aqui, se você crer, sairá daqui salvo, curado e liberto”, continuou o bispo Augusto.

Depois, o bispo e os pastores presentes fizeram uma oração forte em prol de todos que estavam naquele local. Muitos foram curados e libertos para honra e glória do Senhor Jesus. Seguiram-se muitos testemunhos.

Doença parecia não ter fim

Frederico Marques chegou à Igreja IURD à beira da morte. Via sua vida como uma desgraça, pois tinha várias doenças e grandes problemas familiares. “Depressão, angústia, tristeza e pesadelos tomavam conta de mim. Sempre que chegava ao trabalho, as dores pioravam”.

Após muitas consultas em vários hospitais, os médicos não descobriam o que causava os problemas em seu corpo. “Tomei vários remédios e procurei ajuda em vários lugares em busca da solução, mas era em vão”, conta.

Um dia, Frederico recebeu um convite da IURD local. “Participei da reunião de cura e libertação, me entreguei a Deus e permaneci firme”, diz o homem que hoje se apresenta feliz, curado, após entregar sua vida nas mãos de Deus.

ABC ajuda a salvar vidas

Além do apoio espiritual prestado por meio dessas concentrações de fé, a IURD também mobiliza seus voluntários para oferecer apoio físico e social aos necessitados.

Recentemente, a Associação Beneficente Cristã (ABC) realizou umacampanha de doação de sangue na sede regional de Laulane, com grande participação de voluntários, fiéis e obreiros, que manifestaram na prática seu amor ao próximo.

Segundo o diretor executivo da ABC, Titos Nhachengo, este gesto visa salvar vidas de muitos pacientes nos hospitais de Maputo.
Eram tantos os doadores em pouco tempo (cerca de 200), que as bolsas plásticas para o sangue não foram suficientes.

Fonte: arcauniversal

Novamente acolhidas


Grupo do Godllywood realiza visitas semanais a presídios em Santa Catarina. Detentas aprovam encontros


Redação Folha Universal/ Foto: cedida
redacao@arcauniversal.com

Segundo dados de um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Luiz Flávio Gomes (www.ipclfg.com.br), em 2009 tínhamos no Brasil cerca de 1.800 estabelecimentos prisionais, com aproximadamente 500 mil presos. Esses milhares de pessoas, em sua maioria, são discriminados pela própria família e vivem sem esperança de um futuro melhor.

Visando levar auxílio espiritual e emocional às detentas, o grupo Godllywood de Florianópolis visita semanalmente a Penitenciária de Tijucas, que abriga quase 50 mulheres. 

A responsável pelo trabalho, Paula Costa, afirmou que as visitas acontecem com o objetivo de conduzi-las a uma verdadeira mudança. “Tivemos ótimos momentos nesta visita; conseguimos arrancar sorrisos e receber abraços de pessoas marcadas pelo sofrimento. Além da mensagem de esperança, preparamos um delicioso lanche, distribuímos kits, mas certamente nada foi tão importante quanto o batismo nas águas”, afirmou. 

Paula ainda ressaltou que as mulheres batizadas partiram rumo à transformação. "Mesmo estando frio e chovendo, quatro presidiárias decidiram se batizar nas águas e escolheram a melhor parte, a que não será tirada delas."

O Godllywood de Florianópolis, com formação recente – cerca de 5 meses – possui 26 integrantes no total. Entre elas, está Andréia Teixeira Orsini Angelo, de 30 anos. 

Para ela, as visitas aos presídios são de grande valia. "A cada aconselhamento, ao vermos elas se batizando e entregando a vida para Jesus, percebemos o quanto é gratificante nosso trabalho. Isso não tem preço", frisou.

Andréia conta que o grupo também a tem ajudado em sua vida pessoal. "Aprendi a vencer as minhas dificuldades internas e externas, acreditando que sou capaz de realizações que não imaginava", revelou.

Fonte: arcauniversal

Da ilusão à cura


Kamilla tinha uma vida bem instável, até a luta contra o câncer fazer com que procurasse uma força bem maior do que a jovem imaginava


Da Redação / Fotos e vídeo: Acervo pessoal
redacao@arcauniversal.com

Com a palavra, alguém que pode muito bem dizer o que significa perseverança:

“Meu Nome é Kamilla Barbosa. Tenho 23 anos de idade e sou de Macapá, no Amapá. Sou da IURD há 7 anos, uma ex- obreira.

Afastei-me muitas vezes. A cada uma delas, pior minha situação ficava. Minha vida era pura ilusão.
Via vultos, ouvia vozes, sentia uma grande vontade de morrer, sumir. O vazio que sentia era terrível, tinha sonhos, premonições’ de coisas ruins (mortes).

Com o tempo, comecei a gostar de ir a festas, coisa antes que não suportava.

Minha vida sentimental era sempre um fracasso. Me deixava levar pelas ''amizades'', gente que nada tinha de bom para oferecer. Fui afundando cada vez mais.

Sempre tinha oportunidade de voltar para a presença de Deus. Realmente eu voltava, mas passavam-se 2 ou 3 meses e me afastava novamente. Fiquei nesse vai e vem por 7 anos.

Comecei a ter desentendimentos frequentes com minha mãe. Tive problemas no último ano da minha faculdade (fisioterapia) e os problemas iam só crescendo, me sufocando, até chegar ao ponto em que joguei toda a culpa do meu fracasso em Deus e passei a não acreditar mas nEle.

Até chegar janeiro de 2012...

Fui diagnosticada com câncer de ovário, do tipo mais agressivo, com mais facilidade de se espalhar pelo abdômen.

Fiquei desesperada, sem chão. Não sabia o que fazer, chorava muito, achei que havia chegado meu fim.

Porém, eu estava enganada, pois me lembrei de alguém que poderia me ajudar. O único que poderia me curar era o Senhor Jesus. Resolvi buscá-lo.

Mas como, se eu O havia abandonado? Meu coração estava magoado com Deus, com algumas pessoas da IURD, cheio de tristeza e rancor. Como chegar até Deus assim?

Entretanto, mesmo estando destruída espiritualmente e com o físico ruim, resolvi ir até a igreja e pedir uma orientação. Foi quando mais uma vez fui recebida por Deus e pelo Força Jovem Pará.

Comecei a buscar por minha cura, fazer correntes.

Só que, mesmo passando por tudo aquilo, eu continuava inconstante na fé. Numa hora estava bem, crendo que seria curada, em outra estava mal, achando que não ia conseguir e morreria.

Comecei meu tratamento e tive de sair de Macapá, onde já morava havia 16 anos, para ir para Belém, minha cidade natal, a fim de fazer o tratamento. Não foi fácil, sofri muito. Já havia passado por uma cirurgia e passaria pela segunda. Foram muitas madrugadas indo para o pronto socorro com dores. Cheguei a tomar medicações muito fortes, e o psicológico  estava bastante abalado.

Em meio a muitas consultas, sempre ia à IURD durante a semana. Mas ainda na inconstância da fé. Eis que chegou a data da minha segunda cirurgia.
Estava para ser internada, eu tinha certeza de que não sairia viva daquele hospital. Estava com muito medo, nervosa, sem fé, porque mesmo depois de tudo o que estava acontecendo comigo, mesmo sofrendo e estando no fundo do poço eu não conseguia me voltar 100% para Deus.

Mas, naquele dia, resolvi tomar uma atitude. Antes da internação, fui à IURD e fiz uma oração. Pedi perdão a Deus por culpá-lo por meu fracasso, por chegar a desacreditar nEle e por tê-lo abandonadomesmo depois de ter feito um voto de que jamais o deixaria. Pedi a Ele mais uma chance, para me salvar, e prometi que jamais O deixaria novamente. Agradeci e me levantei.

Pude sentir que, a partir daquele momento, eu conseguiria tudo em minha vida.

Fiz a cirurgia, que seria do tipo ‘barriga aberta’. Porém, o corte foi mínimo e a biópsia não indicou nada ruim. Um médico disse que talvez nem precisasse fazer quimioterapia. Mas uma médica da equipe achou melhor fazer, por uma questão de prevenção, já que na primeira cirurgia o tumor foi diagnosticado como maligno.

Não vou dizer que foi fácil, pois a quimioterapia é um tratamento muito agressivo. Perdi o cabelo (todos sabem o quanto os cabelos são importantes para uma mulher, aquilo mexeu muito comigo) e tive reações muito fortes em meu organismo. Mas eu estava curada e nada mudaria aquilo. Mesmo durante o tratamento quimioterápico eu estava firme com Deus, na fé. Participava das reuniões de terça-feira, quarta-feira, domingo e as reuniões da Força Jovem.


Antes de começar a quimioterapia havia feito uma tomografia do tórax, que indicou dois nódulos, um em cada pulmão. Depois de uns meses, após a químio, tornei a fazer e os nódulos haviam sumido. O mesmo aconteceu com os cálculos renais e a Helicobacter pylori (uma bactéria) no estômago.
Eu estava totalmente curada!

No dia 10 de Outubro de 2012 tive alta médica.

Acabou, eu consegui. Que felicidade!

Mais uma vez o Senhor Jesus se fez presente em minha vida. Agradeço todos os dias por Ele ter me dado a vida novamente.

Depois dessa grande luta, eu venci e estou na fé. Sou da Força Jovem onde fui recebida em pedaços, mas acreditaram em mim, não olharam meu passado, se eu havia desistido um dia. Apenas cuidaram de mim.

Hoje, posso dizer que estou bem, renovada, feliz. Não vejo mais vultos, não ouço vozes e nem tenho ‘premonições’. Amo meu Senhor Jesus, e meu prazer é poder ajudar jovens que acham que não existe saída.

Posso mostrar-lhes a única solução: Jesus!

Também sou líder do grupo de teatro Iluminart, Projeto Cultura Jovem, um dos muitos projetos da FJ Brasil.

Jesus mudou minha vida!
Ah! O meu cabelo está crescendo de novo. E muito bonito.”

Fonte: arcauniversal

Caminho para o bem


Pré-Sisterhood transforma a vida de crianças de 5 a 13 anos com ensinamentos que melhoram suas relações em família e na sociedade


Por Edir Lima- Folha Universal/ Fotos: cedidas
redacao@arcauniversal.com

O Pré-Sisterhood tem chamado a atenção no trabalho que a Educação Bíblica Infanto-juvenil (EBI) realiza com meninas, chamadas de baby sisters, de 5 a 13 anos. O objetivo é desenvolver o potencial de cada uma como filha, irmã, estudante e adolescente. Segundo Jucélia Oliveira Freitas, coordenadora da EBI, os ensinamentos são passados com muita diversão, tarefas e atividades. 

"O grupo é dividido em dois: o das lindas (5 a 9 anos) e o das queridas (10 a 13 anos). Porque, quando pequenas, somos lindas e queridas pelo nosso jeitinho natural de ser, que não passou ainda por experiências amargas da vida", explica.

Jucélia Oliveira acrescenta que as meninas têm um mês de tarefas até passar para o grupo. Para oficializar a formatura, é realizada uma festa para as crianças e os familiares. 

"Ela promete ser fiel ao código do grupo e recebe uma florzinha de cabelo como símbolo de sua associação. Uma big sis, que já é uma little sister, é escolhida para acompanhá-la em suas tarefas mensais", observa a coordenadora. 

"Uma menina pode parecer apenas uma criança, mas ela já tem a beleza, a inteligência e a força de se transformar algum dia numa jovem confiante e virtuosa, firme naquilo que é bom. Mas, para chegar lá e evitar as armadilhas, é necessário uma instrução cuidadosa desde o início. E aí começa o trabalho do Pré-Sisterhood", comenta Cristiane Cardoso.

Kátia Valéria Silva Adão, mãe de Mayara, de 11 anos (foto acima), conta que, após ter entrado para o Pré-Sister, ocorreu uma grande mudança no comportamento da filha.

"Ela se tornou mais responsável com suas obrigações na escola e em casa. Está mais humilde e passou a ser mais minha amiga. Ela tinha dificuldades para pedir perdão, hoje faz isso naturalmente. Sabe que as tarefinhas nada mais são do que um ensinamento para que mais tarde venha a se tornar uma mulher sábia de Deus. Eu agradeço a big sis que acompanha as tarefas dela, orando e orientando, pois muito tem contribuído para essa mudança", comemora.

Fonte: arcauniversal

sábado, 27 de outubro de 2012

"Nada a Perder" assume liderança absoluta

Obra ultrapassa o segundo colocado dez vezes mais


'Nada a Perder' é hoje o livro mais vendido do Brasil entre todas as categorias. Na categoria geral, a biografia do bispo Edir Macedo passou as duas obras de ficção erótica mais vendidas do País, alcançando o primeiro lugar. Já na categoria de não-ficçcão, está dez vezes à frente de 'A Queda', de Diogo Mainardi - o segundo colocado, de acordo com o site Publishnews, o mais respeitado sobre mercado editorial.

Desde a primeira data de lançamento, ocorrida em 30 de agosto deste ano, no Rio de Janeiro (RJ), o livro vem surpreendendo por onde passa. “Nada a Perder” é o primeiro de uma trilogia com as passagens mais emblemáticas da vida do bispo e tem coautoria do vice-presidente de Jornalismo da Rede Record, Douglas Tavolaro.

Além dos recordes, “Nada a Perder” já tem seu nome escrito na história brasileira como o primeiro best-seller a ser lançado dentro de um presídio. O evento inédito aconteceu no Centro de Detenção Provisória III, mais conhecido como “Cadeião de Pinheiros”, na capital paulista, no último dia 16 de outubro (veja matéria), onde 3 mil exemplares do livro foram distribuídos gratuitamente para os presos. Também foi a primeira vez que o bispo Edir Macedo participou pessoalmente do lançamento de sua biografia.



Fonte: arcauniversal

Terapia do Amor a Céu Aberto


Durante encontro, multidão recebeu oração de 70 casais de pastores e diversos casais participaram de cerimônia coletiva simbólica


Da Redação / Foto: Demétrio Koch
redacao@arcauniversal.com

Já anoitecia em São Paulo quando, aos poucos, o estacionamento do Cenáculo do Espírito Santo na Avenida João Dias foi tomado por milhares de pessoas, de diversas localidades do estado, para participar da Terapia do Amor a Céu Aberto, realizada na última quinta-feira (25), pelo bispo Adilson Silva.

Na reunião, o bispo orientou as pessoas sobre o que significava a corrupção do gênero humano, descrita na Bíblia no livro de Gênesis, capítulo 6. Também explicou o motivo de Deus começar tudo novamente do zero e como o episódio do Dilúvio foi necessário para que uma nova humanidade fosse erguida. Além disso, ele ressaltou que para um casamento dar certo, precisa ser firmado em uma trindade: corpo, alma e espírito, em que os três precisam estar em sintonia. "Por muitos não terem o pensamento na trindade, os casamentos não vingam. Devido a brigas, as cabeças não batem, e como o mal sabe disso, trabalha com o emocional", afirmou.

Foi exatamente isso que aconteceu com o casal Rodrigo Silva, de 26 anos, e Mônica Nascimento, de 29 (foto), que, por não conseguir se entender, sofreu muito, a ponto de se descontrolar. "Sofríamos com brigas e até agressões, pois uma coisa puxa a outra. Com isso, a vida financeira também não ia para frente", lembra Mônica.

Foi devido à questão sentimental que ela passou a frequentar a Terapia do Amor e, em seguida, o esposo também. "Quando ficamos sabendo dessa reunião, percebemos que era uma oportunidade única e que não poderíamos desperdiçar. Hoje, a nossa vida está transformada e há comunicação entre nós." 

Casamento coletivo

Durante o encontro, houve também a celebração de uma união coletiva simbólica, com diversos casais que estavam acompanhados de  seus padrinhos. Muitos deles já viviam juntos e aguardavam uma oportunidade para regularizar a situação.

Um exemplo claro disso é o casal Clecia Aparecida, de 30 anos, e Ronaldo José, de 34 (foto), que passou por uma situação constrangedora antes de chegar à Igreja.

Vítima de traição por parte do marido, a auxiliar de recursos humanos chegou à IURD por meio de um convite feito pela cunhada. Ela passou a frequentar a Terapia do Amor, e não demorou muito para que o esposo começasse a ir também. Magoada e deprimida pela situação, ela lutou pela restauração do seu relacionamento. Conseguiu, e aproveitou o casamento coletivo para oficializar a união de 12 anos.

"Em primeiro lugar, a unção de Deus para a nossa vida. Claro que a partir de hoje espero que aconteçam só coisas boas e bênçãos nas nossas vidas. Esse foi o passo mais importante que resolvemos dar", afirma Clecia.

Oportunidade para os solteiros

O bispo ainda realizou uma oração com 70 pastores e suas respectivas esposas, com o intuito de abençoar a vida sentimental de cada pessoa presente no local, repassando, assim, o dom do amor para casados, noivos e solteiros.

O casal de namorados Simone Gomes, de 31 anos, e Erick Silva de 29 (foto), explica o que a Terapia acrescenta à suas vidas. "A gente vem aqui para aprender, para não cometer os erros que são praticados lá fora. Sempre venho para aprender como falar, como agir, o que pode e o que não pode fazer", conta Erick.

Para ele, a reunião traz muitos benefícios: "Nós temos a pretensão de casar, e é ideal que façamos tudo o que os pastores e bispos orientam para termos um casamento abençoado e constituído por Deus."

Próximo encontro

Foi firmado um propósito para todos que desejam uma transformação na vida sentimental e querem receber a unção para um casamento baseado totalmente na união dos três sentidos do matrimônio: corpo, alma e espírito. As reuniões acontecerão nos principais Cenáculos do Espírito Santo do País.

Quem mora em São Paulo e deseja participar da próxima reunião deve  levar uma rosa, que será consagrada por mais quatro bispos. Como haverá feriado e possibilidade de trânsito, o que pode atrasar a chegada das pessoas ao Cenáculo de Santo Amaro, a reunião da próxima quinta-feira (1) terá início às 20h30. Nas semanas seguintes, o horário volta a ser 20h.

Fonte: arcauniversal

EBI realiza evento em Sapucaia do Sul


Mais de mil crianças participam de brincadeiras, recebem lanches e presentes


Da Redação / Fotos: Cedidas
redacao@arcauniversal.com

Levar educação cristã para crianças e adolescentes é um dos compromissos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Esse trabalho vem sendo realizado com muita responsabilidade e sucesso pelas voluntárias do grupo Educação Bíblica Infantojuvenil (EBI).

Além disso, o grupo também organiza eventos e ações sociais em benefício da garotada de todo o País. No dia 20 de outubro, foi a vez do município de Sapucaia do Sul, região metropolitana de Porto Alegre (RS), receber a visita da equipe da EBI, no Ginásio Edu Viegas.

Mais de mil crianças compareceram ao evento, que proporcionou diversas brincadeiras  distribuiu lanches e presentes aos participantes, além de apresentações de canto, dança e música. A festa animou bastante à criançada.

Para a educadora Aline Loretto, a festa superou as expectativas. “Superou todas as festas realizadas antes. Fiquei muito feliz pelo empenho de todas as educadoras e participantes e em ver afelicidade das crianças”, disse.

O evento organizado pelos pastores da IURD contou também com o apoio da Prefeitura.

Fonte: arcauniversal

IURD une-se à Fundação Icla da Silva


Igreja começa campanha para salvar vidas da leucemia


Da redação / Foto: vídeo institucional
redacao@arcauniversal.com

A leucemia é um tipo de câncer que se desenvolve na medula óssea, com a produção excessiva de células brancas anormais. Essa invasão da medula óssea traz como consequência a desaceleração da produção e funcionamento das células sanguíneas normais.

E a história da Fundação Icla começou com o sofrimento de uma menina brasileira chamada Icla da Silva (foto ao lado), nascida em Maceió (AL), que descobriu que estava com leucemia com apenas 13 anos. Com sede em Nova York, a organização ajuda pacientes em busca do transplante de medula óssea.
Icla era uma criança saudável, mas um dia fortes dores nas pernas apontaram para um diagnóstico de leucemia. Sua única esperança era encontrar alguém compatível, mas que fosse fora de sua estrutura familiar.

Como no Brasil não havia um registro de doadores, a família foi morar nos Estados Unidos, em 1989, à procura da cura da menina. Em Nova York, a família começou a fazer campanhas para cadastrar possíveis doadores na comunidade brasileira. Porém, depois de dois anos Icla não resistiu, mas deixou seu último desejo: "Ajudem meus amiguinhos.".

Como a Igreja Universal cumpre bem o seu papel social, não poderia ignorar a existência dessa doença, e abraçou a causa da Fundação Icla da Silva. "Para ser um doador de medula óssea é preciso ter idade entre 18 e 60 anos, independentemente do status da pessoa. Não paga nada, somente preenche uma ficha com dados pessoais e passa cotonete na parte interna da bochecha, para uma análise por biologia molecular. Os dados ficam guardados até a pessoa completar 60 anos e caso um dia seja compatível com alguém, a Fundação entrará em contato", explica Roseevelt, um dos responsáveis da Fundação em East Boston, Massachusetts.

Hoje, o procedimento de doação é mais simples. Através do sangue, pois as mesmas células que estão dentro dos nossos ossos também estão presentes na corrente sanguínea. "Há uma máquina que consegue separar as células sanguíneas. Caso seja compatível, toma-se uma medicação cinco dias antes para estimular o aumento das células para que, na hora da doação, não faça falta para o doador", especifica Roseevelt.

É para encontrar cada vez mais doadores que a IURD abriu as portas para que todos conheçam o trabalho da Fundação Icla da Silva e se disponham a ser possíveis ajudadore. “Para o doador é somente um pequeno incomodo, mas para o paciente é uma atitude que pode salvar sua vida.”

Para Audilene, que cedeu sua amostra, esse apoio da Igreja Universal à Fundação é de suma importância. "É algo muito tão simples para salvar vidas das crianças. O que eu puder fazer para colaborar, eu farei. É uma iniciativa muito importante."

Mais sobre a Fundação Icla da Silva

A Fundação Icla da Silva é o maior centro de recrutamento de doadores de medula óssea nos Estados Unidos. Com uma média de 38 mil doadores adicionados ao Be The Match Registry a cada ano, a instituição atua especialmente junto a comunidades de minoria étnica.

A Fundação Icla da Silva foi criada em 1992, em memória da adolescente brasileira Icla da Silva, 13, nascida em Maceió, Alagoas. Depois de três anos lutando contra leucemia, Icla faleceu em Nova York, para onde foi em busca de um transplante de medula óssea, o único tratamento que poderia salvar sua vida. Infelizmente a garota nunca encontrou um doador compatível. 

Com escritórios na costa leste dos Estados Unidos e Porto Rico, a Fundação continua expandido seus esforços para proporcionar assistência e esperança a centenas de famílias em todo o mundo.



Fonte: arcauniversal

Rompendo o silêncio


Evento acontecerá no Brasil e em mais seis países, em novembro, mobilizando milhões de mulheres que vêm sendo vítimas de violência no próprio lar


Por Ivonete Soares e Thais Toledo / Foto: André Moura
redacao@arcauniversal.com

Muitas mulheres sofrem com o problema da violência doméstica. Traumatizadas, elas acabam se calando, transformando-se em pessoas inertes, amedrontadas, quando não amordaçadas pela própria condição. Visando chamar a atenção do mundo todo sobre o problema, acontecerá, no próximo dia 24 de novembro, a segunda caminhada "Rompendo o Silêncio", iniciativa do grupo Godllywood, com total apoio da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Através do evento, espera-se  a exemplo do promovido no ano passado em quase todos os estados do Brasil e em diversas partes do mundo incentivar as mulheres que sofrem com algum tipo de violência a denunciar, romper o silêncio, buscar ajuda junto às autoridades e não aceitar mais as atrocidades pelas quais têm passado.

Será uma caminhada nos mesmos moldes da anterior, que aconteceu em São Paulo, em dezembro de 2011. Na ocasião, mulheres percorreram as principais ruas do bairro do Brás (região central da capital) clamando por justiça e pelo fim do pesadelo que viviam.

Foi a partir deste evento que nasceu o Projeto Raabe, atualmente coordenado pela escritora Carlinda Tinôco Cis, que está colaborando diretamente na organização desta segunda caminhada.

Desta vez, o ponto de encontro será na Praça Floriano Peixoto, região do Largo 13 de Maio, em Santo Amaro (zona sul de São Paulo), ao meio-dia. De lá, organizadores e participantes sairão pelas principais ruas das redondezas, convidando todos, entre lojistas e moradores, a participarem do movimento que ocorrerá na Avenida João Dias, 1.800, também em Santo Amaro, às 15h.

No local, além das inúmeras atividades e atendimento profissional, acontecerá uma palestra com a delegada Rosmary Corrêa, presidente estadual do Conselho da Condição Feminina, que trata das políticas públicas referentes aos direitos da mulher.

Além da delegada, outras autoridades e convidados participarão do evento, que conta com o apoio de diversas pessoas e instituições, como a Associação de Mulheres Cristãs (AMC) e o Instituto Ressoar.

Para mais informações, acesse o site www.projetoraabe.com.

Fonte: arcauniversal

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Atitude de Fé e Coragem - Palavra Amiga - 24/10/2012

Lançamento de "Nada a Perder" em Brasília é recorde de vendas e de público


Mais de 20 mil pessoas lotaram a Livraria Cultura do Shopping Casa Park para prestigiar a obra


Da Redação do R7
redacao@arcauniversal.com


A noite de autógrafos de "Nada a Perder", biografia do bispo Edir Macedo, foi recorde de público e vendas em Brasília. Mais de 20 mil pessoas lotaram a Livraria Cultura no Shopping Casa Park, na capital do País, para o lançamento da obra. Foram vendidos 18.300 livros, maior número entre as 23 cidades que receberam o evento. Até agora o recorde de público havia sido registrado em Salvador (BA), com 17.964 obras.

Uma multidão lotou o shopping para ter a obra autografada pelo vice-presidente de jornalismo da Record, Douglas Tavolaro, coautor da biografia, e pelo representante da Igreja Universal em Brasília, bispo Domingos Siqueira. A ministra da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Helena Chagas, o ministro da Pesca, Marcelo Crivella e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, prestigiaram o lançamento, além de ministros do Poder Judiciário.
Domingos Siqueira, explica que a mensagem do livro é o que faz a obra ter tanto sucesso. "Eu acredito que a maior lição que a pessoa extrai quando lê a obra é que, por mais que ela esteja passando por uma situação difícil, de rejeição, percebe que tem condições de se levantar, se reerguer. Há momentos na vida que a pessoa procura uma alternativa. No livro, ela tem condições de encontrar um caminho."

Para o governador Agnelo Queiroz, o exemplo de sucesso do bispo Edir Macedo mereceu ser eternizado na biografia. "É sobretudo uma história de sucesso e fé. As pessoas que passam por dificuldades, que sofrem, vão com certeza se identificar no livro, tirar uma mensagem da obra."

A ministra Helena Chagas diz que acredita que o brasileiro vai se identificar com a biografia. "O povo brasileiro se comove, gosta, se identifica com histórias de superação. Com histórias de quem tem a origem como a do bispo e venceu."

Superação

Os leitores chegaram cedo à livraria. Primeira da fila para autografar seu exemplar, a dona de casa Eleida Teresinha Martins chegou ao shopping às 13h50. Ela viajou 75 km com seu filho da cidade goiana de Formosa até Brasília para participar do lançamento. "Nós já conhecemos a obra dele. A história é uma grandiosa lição de vida. Nós nos identificamos principalmente com a luta diária e constante."

O lançamento em Brasília é o 23º do País. O primeiro volume da biografia já é sucesso em todo o país. No Nordeste, a obra vendeu 22 mil exemplares em apenas dois lançamentos. Em Belém (PA) foram vendidos 13.400 livros. Em Manaus (AM), foram 13.084.

Em Curitiba (PR), foram 12,1 mil exemplares. Só no Paraná, as vendas totalizaram 20,6 mil unidades na capital, em Maringá Londrina , em setembro. Na capital gaúcha, no dia 11 de setembro, foram vendidos 10,4 mil exemplares em apenas cinco horas. E, em Goiânia (GO), 10,5 mil volumes foram comprados em quatro horas no dia 20 de setembro. 

Fonte: arcauniversal

Força Jovem faz ação social em Jaboticabal


Mais de 200 brinquedos foram distribuídos para as crianças do Jardim Boa Vista


Da Redação / Fotos: Cedidas
redacao@arcauniversal.com

Voluntários do grupo Força Jovem Brasil (FJB), da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), visitaram recentemente a comunidade do bairro Jardim Boa Vista na cidade de Jaboticabal, no interior paulista, distante cerca de 400 quilômetros da capital.

É comum para os  jovens do grupo levarem a Palavra de Deus para a juventude, por meio de ações sociais em prol da população. É o Evangelho indo aonde mais se precisa dele, seja pela pregação, pelas atividades culturais, a prática esportiva, a vida estudantil, o engajamento social ou a ajuda direta às pessoas carentes.

Os moradores do Jardim Boa Vista receberam doações das mãos dos próprios voluntários que se empenharam arrecadando mais de 200 brinquedos para essa ação no bairro. As crianças da comunidade foram presenteadas com brinquedos e muita pipoca.
Ainda durante o evento, foram realizadas apresentações de teatro, dança e música para animar, principalmente as crianças, enquanto os adultos recebiam cortes de cabelo gratuitamente. Ao final, o pastor Leandro, responsável pela FJB de Jaboticabal, realizou uma oração por todos ali presentes.

Fonte: arcauniversal

Bispo Sérgio visita Pará e faz reunião especial para os obreiros


Milhares de pessoas aprenderam a se proteger por meio da "Armadura de Deus"


Da redação/ Com informações: IURD- PA
redacao@arcauniversal.com


Recentemente, o bispo Sérgio Correa, responsável pelos obreiros no Brasil, em visita a capital paraense, realizou uma reunião especial para os milhares de obreiros do estado.

A reunião teve como tema “Armadura de Deus”, baseado no livro de Efésios, capítulo 6, versículo 16, com o objetivo de trazer fortalecimento espiritual aos obreiros, para que eles estejam aptos a ajudar os que necessitam de socorro.

“... embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.” -  Efésios 6.16

O obreiro Caio Lucas afirmou que a reunião foi de suma importância para que todos saibam identificar as ciladas armadas pelos espíritos malignos."Essa reunião acrescentou bastante, não só em minha vida, como também na vida de cada obreiro presente. Nos ensinou a manter a comunhão com Deus ainda mais e também a vigiar com relação às armadilhas do diabo, que são os dardos que ele lança para nos atingir. Devemos sempre embraçar o escudo para que possamos nos manter firmes na fé."

Já a obreira Thayana Barbosa aprendeu que a fé é seu escudo. “Temos que estar sempre com a fé em alta, guardando-a sempre em todos os momentos com o escudo da fé. Não permitindo que os maus pensamentos entrem em nosso coração, pois só assim iremos mantê-lo limpo, permanecendo na presença de Deus."

Fonte: arcauniversal

IURD distribui brinquedos em presídio


Trabalho com presos existe desde a criação da Igreja Universal


Da Redação/ Fotos: Cedidas
redacao@arcaunivesal.com

Desde os primórdios de sua criação, há mais de 35 anos, a Igreja Universal sempre manteve um trabalho nos presídios. Com o objetivo de evangelizar e levar uma palavra amiga aos que necessitam e estão apartados da sociedade, a IURD conta com o auxílio de bispos, pastores, obreiros e os grupos femininos ligados à Igreja.

Este ano, são duas décadas desde o massacre do Carandiru, onde 111 presos foram mortos. O fato ainda está muito presente na memória de todos, o que representa mais um motivo para que a Igreja Universal reforce o trabalho que já está sendo feito nos presídios brasileiros.

No último dia 13 de outubro, aproveitando o Dia das Crianças – celebrado 1 dia antes –, a Igreja Universal distribuiu brinquedos para os filhos de presos do Centro de Detenção provisória (CDP) da Vila Independência, em São Paulo (foto ao lado). A ação, que beneficiou 52 crianças, contou com a colaboração da Associação de Mulheres Cristãs (AMC) e do grupo Godllywood através do Mulher V.

Outras ações

As ações em presídios não são novidades para a Igreja Universal, que neste ano consagrou um homem para ser o responsável pelo trabalho evangelístico e cuidar exclusivamente dessa área nas casas de detenção do Brasil: é o bispo Afonso da Silva.

Recentemente, ele participou do evento histórico de lançamento do livro “Nada a Perder”, no Centro de Detenção Provisória III, em Pinheiros, na Capital Paulista. O popular “Cadeião de Pinheiros”, como é chamado o presídio, assistiu, na manhã do dia 16 de outubro, a distribuição gratuita de 3 mil cópias da biografia do bispo Edir Macedo, que fez questão de comparecer pessoalmente ao evento (veja matéria).

Sobre o lançamento inédito do best seller dentro da prisão e a presença do bispo Macedo no evento, o bispo Afonso declarou ser uma vitória para todos: “O bispo Macedo é um só. Com o livro, ele é multiplicado por mil e consegue passar o seu exemplo de conquista.”

Na tarde do mesmo dia, “Nada a Perder” também foi lançado na Penitenciária Feminina do Butantã, em São Paulo, quando cerca de 400 detentas receberam exemplares do livro. A ação foi elogiada pelo diretor de Trabalho e Educação da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo, Roberto Rivelino Simões: “A Igreja Universal é a que mais tem membros cadastrados na coordenadoria. São quase mil”, conclui.

Fonte: arcauniversal

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Pacto com Deus- Palavra Amiga - 23/10/2012

Carta de Afronta - Palavra Amiga - 22/10/2012

Lançamento da biografia de Edir Macedo em Belém reúne multidão


Mais de 16 mil pessoas compareceram à noite de autógrafos de "Nada a Perder" e 13,4 mil livros foram vendidos


Da Redação do R7
redacao@arcauniversal.com


Mais de 16 mil pessoas acompanharam a noite de autógrafos de "Nada a Perder", primeiro volume da trilogia que reúne as memórias do bispo Edir Macedo. Foram vendidos 13,4 mil livros.

Antes do início do evento, já era grande o número de pessoas que aguardavam para acompanhar o lançamento da biografia. A sessão de autógrafos começou às 19h (20h, pelo horário de Brasília) na Livraria Saraiva do Shopping Boulevard, em Belém. Devido à quantidade de pessoas, a livraria distribuiu senhas aos leitores para organizar a grande fila que chegou até o estacionamento do Shopping.

O lançamento na capital paraense já é o 22º do País. Os autógrafos foram distribuídos pelo pastor Alexandre Mendes, representante da IURD no Estado, e pelo vice-presidente de jornalismo da Record, Douglas Tavolaro, coautor do livro.

Em Salvador (BA), no último sábado (20), foram vendidas mais de 17.964 cópias. Até então, a maior marca da biografia do bispo Edir Macedo havia sido registrada em Manaus (AM), onde 13.084 exemplares foram adquiridos na sessão de autógrafos da última quinta-feira (18). 

O primeiro volume da biografia tem tido uma aceitação enorme pelo Brasil. No Nordeste do País, a biografia vendeu 22 mil exemplares em apenas dois lançamentos.

Em Curitiba (PR), foram vendidos 12,1 mil livros. Só no Paraná, as vendas totalizaram 20,6 mil unidades na capital, em Maringá e Londrina, em setembro. Porto Alegre (RS), no dia 11 de setembro, foram vendidos 10,4 mil exemplares em apenas cinco horas. E, em Goiânia (GO, 10,5 mil volumes foram comprados em quatro horas no dia 20 de setembro.

Fonte: arcauniversal

IURD abre suas portas em Vancouver


Presente a quase 20 anos no Canadá, agora moradores de uma das cidades mais visitadas do país encontram fortalecimento espiritual no novo templo


Por Sabrina Marques / Fotos: cedidas
redacao@arcauniversal.com


Situada na Província de Columbia Britânica, a cidade de Vancouver é a maior do lado oeste e é considerada como um dos melhores lugares do Canadá para se viver. Segundo um censo realizado recentemente, o local abriga uma população de aproximadamente 603.502 habitantes, formados por uma mistura de raças, culturas e línguas.

Apesar de grande e muito atraente, quem chega à cidade não pode ignorar o cenário de miséria e drogas de Hasting, rua entre os bairros de Gastown e Chinatown, (foto ao lado) lugar que se assemelha à extinta cracolândia do centro de São Paulo.  Pessoas jogadas nas ruas vivem como pedintes em busca de dinheiro para sustentar os vícios. Muitos, nessa situação, acabam se sujeitando a situações subumanas.

Presente no País norte americano desde 1993, em Toronto e Montreal, a Igreja Universal do Reino de Deus não mediu esforços para ajudar também os moradores de Vancouver. Recentemente, um novo Cenáculo do Espírito Santo foi aberto na cidade, no número 2. 3475 da Kingsway.

"Sabemos que tudo na vida tem seus desafios, mas tudo se vence. Há uma grande expectativa de levar uma transformação de vida para essas pessoas, pois aqui existem muitos jovens envolvidos com as drogas e prostituição. Muitos têm buscado ajuda, mas não  encontram a solução. O nosso propósito é levar essas pessoas a conhecerem o verdadeiro caminho, que é Jesus, que também as levará a uma nova vida. Sabemos que, uma vez essas pessoas aceitando o Senhor Jesus, elas encontrarão a vida feliz que tanto desejam",  comentou o pastor Mike Hiller, responsável pelo trabalho evangelístico da IURD em Vancouver.

Nova chance

A mesma mudança de vida proporcionada pelo uso da fé sobrenatural que aconteceu na vida de Lucia Azevedo(foto acima) agora pode se tornar real na vida dos que chegarem à IURD em Vancouver.

Conhecida no passado como a "rainha do samba", Lucia conta que mesmo com o apelido que remete à alegria de tal festa, ela vivia de fachada, pois até a própria morte ela já havia planejado..

"Conheci o trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus 20 anos atrás, no Brasil, pois minha irmã sabia que eu tinha muitos problemas e me convidou para assistir às reuniões na IURD. Logo comecei a frequentar as correntes de libertação. Minha mente era totalmente bloqueada, não entendia nada da Palavra. Parecia que estava surda. Tudo era apagado dos meus pensamentos. Lembro que se alguém me perguntasse o que o pastor havia acabado de pregar, eu não sabia responder e nem lembrava de suas palavras", recorda.

Mesmo tendo tido experiências com Deus, no período que frequentou a IURD, Lucia conta que acabou se afastando da fé. Decidida a encontrar a felicidade por conta própria, ela saiu do País, sem saber o sofrimento que a esperava. "Fui para o Canadá com uma grande expectativa de mudar de vida, mas, para minha surpresa, minha vida desmoronou totalmente. Posso afirmar que cheguei ao fundo do poço", revela.

A ex-rainha do samba passou a beber, tornando-se depressiva. "Tive desejo pela morte e até planejei pular da ponte Lions Gate. Ficava da minha varanda chorando dia  e noite, olhando para a ponte e pensando como eu ia fazer para  pular sem chamar atenção das pessoas", lamenta.

Nesta situação, Lucia voltou para o Brasil, onde retornou ao caminho da fé; decisão que mudou por completo a vida dela. "Decidi me batizar nas águas e, logo depois que voltei ao Canadá, comecei a acompanhar o trabalho pela IURD TV. Como resultado desta minha atitude, já não tenho mais desejo de morrer e todos os problemas foram solucionados. Agora durmo em paz, porque tenho o Senhor Jesus no meu coração. Sem contar a alegria de ter uma IURD aqui em Vancouver, que tem proporcionado um aprendizado cada vez maior nos passos de Jesus", finaliza comemorando pela novo templo que se abriu.

Fonte: arcauniversal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES

LISTA DE BLOGS

ARQUIVO DO BLOG